Documentário mostra revolta de camponeses da França

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Cinema | 18/05/2011 - 22h25

O documentário "Tours au Larzac", do francês Christian Rouaud, apresentado em Cannes fora de competição, conta a história de uma longa revolta de camponeses franceses no planalto do Maciço Central nos anos 70.


Lançando um olhar crítico sobre a militância, o filme contou com a participação do ativista francês antiglobalização José Bové, que já casou confusão até no Brasil em 2001, após juntar-se ao Movimento Sem-Terra e destruir uma plantação de soja transgência da Monsanto, em Porto Alegre.


Com suntuosas imagens da paisagem de Larzac, o diretor mistura imagens de arquivo e depoimentos ao ar livre dos heróis comuns, que mesmo depois de mais de 30 anos não esqueceram de nada.


O documentário vai além da vitória dos camponeses e faz ainda uma análise da militância. Uma visão que, apesar de anos, parece cada vez mais atual.


Da revolta, nasceu a Confederação Camponesa, hoje, o segundo maior sindicato agrícola da França. O documentário apresentado em seleção oficial fora da competição estreia nos cinemas franceses em outubro.


Leia mais notícias no especial Festival de Cannes 2011.

Palavras-chave: Christian Rouaud , frança , AFP , militância , cannes , camponeses , documentário , josé bové , festival , cinema , tours de larzac ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos