Goleada do Bahrein por 10 a 0 nas eliminatórias gera suspeitas

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Futebol Internacional | 01/03/2012 - 12h03

A seleção do Bahrein entrou em campo nesta quarta-feira (29/02) precisando de um milagre para seguir viva nas eliminatórias asiáticas para a Copa do Mundo de 2014: vencer a Indonésia por oito gols de diferença e torcer por uma derrota do Catar contra o Irã.


Com um 10 a 0, no entanto, os barenitas ficaram muito perto da classificação, mas viram a seleção catariana, comandada por Paulo Autuori, fazer um gol salvador aos 42 do segundo tempo e seguir adiante.


O resultado do Bahrein teve suas peculiaridades. Para começar, a eliminada Indonésia mandou uma equipe B para o jogo. Além disso, logo aos 4 minutos do primeiro tempo, o goleiro indonésio Samsidar foi expulso após cometer pênalti. A partir daí, foi um massacre.


Com três gols de Tayeb, três de Dhiya, dois de Abdullatif e dois de Abdulrahman, o resultado seria mais do que suficiente para avançar, já que o Irã vencia por 2 a 1.

Palavras-chave: disputa , Copa do Mundo 2014 , jogadores , jogador , eliminatória , partida , gol , eliminatórias , Catar , seleção , eliminatórias , Irã , derrota , asiáticas , suspeita , seleções , futebol , gols , Copa do Mundo , Bahrein , futebol internacional , fraude , Indonésia , jogo ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos