Na Bulgária, jogador sofre com racismo da própria torcida e até de seguranças de seu time

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Futebol Internacional | 20/08/2012 - 15h57

Mais um triste episódio de racismo marcou o final de semana na Europa. Desta vez, torcedores búlgaros foram os responsáveis por desrespeitar um jogador negro. O curioso, porém, é que o atleta vitimado por manifestações racistas era da própria equipe dos fãs.


O africano Basile de Carvalho, de Guiné-Bissau, queria apenas comemorar a vitória por 3 a 1 do Levski Sofia sobre o Botev Plovdiv com seus torcedores, mas foi recebido com imitações de macaco, ofensas e bananas. Revoltado, ainda foi agredido pelos próprios seguranças do Levski, em uma cena inacreditável.




Coube à polícia retirar Carvalho do local e evitar mais confusões, enquanto o capitão da equipe, Stanislav Angelov, brigava com os seguranças racistas.


Leia mais em iG Esporte.

Palavras-chave: botev Plovdiv , , partida , guiné-bissau , seguranças , macaco , futebol internacional , Levski Sofia , vitória , africano , time , preconceito , equipe , bulgária , banana , comemoração , jogo , racismo , torcida , futebol , comemoração ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos