Câmera super-rápida acompanha bolinha de pingue-pongue

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Outros esportes | 30/07/2012 - 18h08

Uma técnica desenvolvida pelo Dr. Masatoshi Ishikawa, da Universidade de Tóquio, tem impressionado os amantes de tecnologia.


Ishikawa e seus colegas criaram uma câmera que não apenas é extremamente rápida - como as usadas para gerar as "câmeras-lentas superlentas" - como também consegue travar num alvo e seguir esse alvo sem se descolar dele.


E o alvo pode ser algo tão rápido quanto uma bolinha de pingue-pongue em pleno jogo.


Em vez de construir um aparato completo para movimentar a câmera, os pesquisadores japoneses usaram um sistema de espelhos motorizados ultrarrápidos - é muito mais fácil e rápido mover um espelho, com massa menor, do que uma câmera inteira.


Motores de alta velocidade reposicionam continuamente os espelhos em uma fração de segundo, que refletem a imagem do alvo diretamente para uma câmera de 1.000 quadros por segundo - o exemplo mostrado no filme foi capturado com uma câmera de 500 quadros por segundo.


O protótipo tem uma amplitude de movimento de 60 graus, uma distância que pode ser percorrida pelos espelhos em 3,5 milissegundos.


Leia mais em iG Tecnologia.

Palavras-chave: universidade de tóquio , ping pong , atletas , câmera lenta , tênis de mesa , velocidade , sequência , quadros , reuters ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos