Esportes Radicais - Motocross

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Outros esportes | 01/08/2013 - 17h48

As motos começaram a fazer parte da realidade do brasileiro a partir de 1907 e alguns anos mais tarde, em 1914, apareceram nas primeiras disputas esportivas, realizadas principalmente em São Paulo, no Viaduto do Chá, de acordo com a Confederação Brasileira de Motociclismo.

Uma das práticas em duas rodas é o motocross, que envolve motos em alta velocidade, pistas em terrenos acidentados com declives, depressões e muita lama e um atleta rigorosamente preparado para treinar.

Os obstáculos lançam o piloto no ar, às vezes até por 20 metros, de modo que a força física, a concentração e a habilidade do praticante estão diretamente relacionadas com seu desempenho em um esporte de risco. 
O treino é bastante intenso e os atletas concentram toda força nos joelhos e braços para realizar manobras e saltos.

Numa competição, o piloto deve completar um circuito fechado, que variam de 1500 a 2000 metros, passando por lamaçais e montes de terra.

Principais variações: 
Trial: O objetivo principal dessa modalidade é superar obstáculos colocando o mínimo possível os pés no chão.
O piloto completa um circuito pequeno e fechado, sempre saltando. Quanto mais “acrobacias” no ar, melhor.

Enduro: A finalidade é percorrer uma trilha ou estrada de terra, de até 4 km, no menor tempo possível.

Freestyle: Aqui o piloto tenta impressionar o juiz com o maior número possível de saltos e manobras.


Palavras-chave: esportes radicais , motocross , rexona , transpirar , segurança , frescor , cheiroso , esporte , campanha , são paulo , viaduto do chá , Confederação Brasileira de Motociclismo , São Paulo , Brasil , brasileiro , 1907. , 1914 , Giancarlo Bergamini , manobras , sensação , radical ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos