Torcidas armam brigas pela internet

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Esporte | 03/05/2011 - 21h50

Sites de relaciomento se transformaram em pontos de partida para confrontos entre torcidas. Em uma comunidade do Orkut, chamada Choque de Torcidas - RJ, quase 18 mil pessoas trocam ofensas e mensagens, combinando brigas.


Em um dos tópicos dessa comunidade, membros falam sobre os tumultos de domingo (01/05), na praça Enéas de Castro, no bairro Barreto, em Niterói, quando torcedores do Vasco e do Flamengo pretendiam assistir à final da Taça Rio em um lugar público.


A briga, que começou quando um homem começou a atirar contra os torcedores, acabou em confusão, pancadaria e uma morte, além de cinco pessoas feridas e 102, detidas. Nesta terça-feira (03/05), o torcedor do Flamengo de 18 anos, Fernando Correia, morto por vascaínos, foi enterrado.


No Orkut, após o incidente, os torcedores também pedem para o moderador da comunidade apagar tudo o que foi escrito na comunidade sobre a briga, pois temem a ação policial.


Uma lei sancionada no ano passado prevê até três anos de cadeia para quem for preso por se envolver em briga relacionada ao futebol. Mas a violência de torcidas está longe de ser coibida no país.


No último fim de semana, além do jovem flamenguista, morreu um outro torcedor, em Goiás.


Leia mais notícias em iG Esporte.

Palavras-chave: goiás , flamengo , vasco , band , torcedores , decisão , enterro , morto , esporte , taça rio , briga , orkut , confrontos , internet , morte , sepultamento , torcida , band , brigas , torcedor , confronto ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos