Galliano cria polêmica ao utilizar roupa judaica

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Moda | 15/02/2013 - 16h04

Estrela da maison Dior que caiu em desgraça por seus comentários antissemitas anos atrás, Galliano apareceu nesta quarta-feira (13/02) na capa do tablóide New York Post acusado de zombar dos judeus com sua vestimenta e penteado de estilo hassídico, setor muito conservador do judaísmo, visto pelas ruas de Manhattan, apesar de não ter aparecido no desfile de Oscar De la Renta.



"Schmuck!", dizia a manchete do NY Post, utilizando um termo em yiddish adotado pelo inglês e que significa "estúpido", para referir-se ao estilista, que aparece na foto com longos cachos, chapéu e paletó pretos, três "marcas registradas" dos judeus ortodoxos.

 

"O vestuário do estilista contra os judeus zomba dos crentes", disse o jornal sensacionalista, que cita um líder hassídico do Brooklyn (sudeste de Nova York), Isaac Abraham, criticando Galliano por "envergonhar a comunidade judia e fazer dinheiro vestido como as pessoas que insultou".



Mas para outros, por outro lado, Galliano usou o look como uma "forma de expiação" e não como "uma falta de respeito".

 

"Galliano sabia que teria que fazer uma declaração. Então o fez do melhor modo que sabe fazer. Fez da calçada sua própria passarela. E que declaração ele fez", afirmou a editora de moda do próprio NY Post, Serena French.

Palavras-chave: galliano , moda , dior , polêmica , maison , new york post , estilista , judeu , judeus , judaísmo , polêmica , israel , vestimenta , roupa , antissemita , antissemitas , tablóide , jornal , acusação , reuters ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos