Paquistão pede retirada de EUA de base aérea no país

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Moda | 01/12/2011 - 15h18

O primeiro-ministro do Paquistão, Yusuf Raza Gilani, disse na segunda-feira (28/11) que as relações com os Estados Unidos entrarão numa fase de exceção por causa do bombardeio da Otan que matou 24 militares paquistaneses no sábado (26/11).


No mesmo dia, o Exército do país também ameaçou reduzir drasticamente sua cooperação com os norte-americanos no Afeganistão.


Por conta disso, o Paquistão pediu que os EUA deixassem a base aérea instalada no sudoeste do país.


Leia mais em Último Segundo:


Paquistão alerta para fim das 'relações normais' com os EUA

Palavras-chave: ataque , Reuters , relações exteriores , Paquistão , exército , Otan , aviões , primeiro-ministro , premiê , Estados Unidos , base aérea , retirada ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos