Cantor argentino Facundo Cabral é assassinado na Guatemala

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Música | 10/07/2011 - 17h35

O cantor argentino Facundo Cabral foi assassinado neste sábado a tiros por desconhecidos na capital guatemalteca quando se dirigia ao aeroporto internacional La Aurora, no sul da Cidade da Guatemala.


Um porta-voz da Polícia Nacional Civil (PNC) contou aos jornalistas que o artista, de 74 anos, quem nesta semana fez show na capital guatemalteca, morreu por causa dos ferimentos.


"Foi um atentado direto contra si executado por matadores que utilizaram fuzis de assalto", disse à Efe o porta-voz da Presidência guatemalteca, Ronaldo Robles.


O funcionário garantiu que o presidente Álvaro Colom "está consternado com a ação covarde", e afirmou que três equipes especializadas de investigadores foram alocados para trabalhar no assunto.


No ataque ao cantor e poeta também foi ferido com gravidade o representante do artista, quem ainda não foi identificado, e que está entre a vida e a morte em um hospital da cidade, segundo as fontes.


Cabral nasceu em 22 de maio de 1937 na cidade argentina de La Plata, sul de Buenos Aires, e, além de cantor, era conhecido por suas composições e produções musicais.


Suas canções foram gravadas em vários idiomas e ele cantou junto com artistas como o americano Neil Diamond, o espanhol Julio Iglesias e o mexicano Pedro Vargas.


Era conhecido por um estilo que misturava a crua ironia com reflexões sobre a vida, o amor e paz.

Palavras-chave: cantor , AFP , assassinato , , Facundo Cabral , morte , músico , Guatemala , show , argentino , vida ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos