Fábrica de disco de vinil faz sucesso nos EUA

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Música | 19/05/2011 - 17h09

Thomas Bernich, proprietário da Brooklynphono, está com tudo e rindo à toa. Sua fábrica, em Nova York, produz discos de vinil, reciclando álbuns antigos. Com isso, ele transforma uma antiga paixão no negócio de seus sonhos.


Em 2003, ele começou a fabricação dos discos com apenas duas máquinas, que não supriam a demanda de pedidos dos clientes. Atualmente, a Brooklynphono produz 10 mil discos por mês.


Apesar de vivermos em plena era digital, o interesse pelo vinil está cada vez maior. Joseph Ganun, dono da Academy Records & CDs, uma loja de discos nova-iorquina, diz que nos últimos anos os mais jovens começaram a curtir as "bolachas".


"Antigamente, somente as pessoas de cabelos brancos vinham à loja para comprar discos de vinil; agora, não", garante Canon.


Um consumidor afirma que prefere o vinil ao formato digital porque as "bolachas" têm, segundo ele, "mais calor". "A minha impressão é que o CD contém só dados; é uma coisa fria, impessoal", acredita.


Embora Thomas seja um apaixonado pelo vinil, ele sabe que o mundo mudou. "É um nicho de mercado e a margem é menor", pontua. Mas fazer o que se ama, neste caso, e afinado com o gosto de pessoas como ele, é fazer da música a trilha sonora da própria vida.


Com a Reuters.


Leia mais notícias sobre música em Último Segundo.

Palavras-chave: brooklynphono , bolachas , joseph ganun , academy records , fábrica , fabricação , música , digital , vinil , disco , produção , CD , estados unidos , reuters , nova york , eua , LP , loja , disco de vinil , thomas bernich ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos