Série faz viagem pelos ritmos do país

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Música | 28/03/2011 - 21h29

Num país jovem, de dimensões continentais, as inspirações pra nossa música chegaram por terra e por mar. O resultado é um repertório tão vasto quanto as nossas terras e tão eclético quanto as raízes do nosso povo. Uma identidade própria, que chamamos de música popular brasileira, ou, simplesmente, MPB.


A viola de cocho, por exemplo, é um instrumento tradicional da região pantaneira do Brasil, mas é na mata nativa do Cerrado que ela começa a ganhar vida. É da madeira de árvores que elas são feitas. Mas nenhum artesão derruba uma árvore sequer: a matéria-prima vem de árvores que caíram naturalmente.


Quando o assunto é tradição, nenhum instrumento ilustra melhor a cultura negra que o berimbau. Seu som inconfundível, quase hipnótico, é resultado de uma combinação de corda e percussão. A técnica de fabricação veio com os escravos africanos.


A rabeca, que lembra o violino, foi trazido pelos colonizadores portugueses. Já o pífano, é uma espécie de flauta transversal, de som agudo.


Leia mais sobre cultura em Último Segundo.

Palavras-chave: matéria-prima , repertório , brasil , sons , sons do brasil , viola de cocho , mpb , série , rabeca , berimbau , produção , artesão , band , brasileiro , diversidade , cultura , brasileiros , música popular brasileira , identidade , música , ritmos , pífano , fabricação ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos