Advogada permanece internada na Suíça

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 12/02/2009 - 09h03

A advogada brasileira atacada por neonazistas, na Suíça, permanece internada em Zurique e deve voltar ao Brasil após ter alta, possivelmente até o dia 20 de fevereiro.

Na última segunda-feira, Paula Oliveira foi agredida e torturada por três homens.

A brasileira estava grávida de gêmeas e perdeu os bebês.

Palavras-chave: neonazistas , zurique , brasileira , suíça , advogada , grávida , neonazismo ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos