Agência Européia identifica falhas no Airbus

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 04/06/2009 - 21h52

O Escritório de Investigações e Análises para a Segurança da Aviação Civil (BEA, na sigla em francês), que vai tentar esclarecer as causas do acidente com o avião da Air France, confirmou na quinta-feira, dia 4, a informação de que a aeronave poderia estar viajando em "velocidade errada".

A falha teria sido detectada no exato momento em que o avião atravessava uma tempestade.

A informação se soma a todas as hipóteses aventadas para tentar explicar a razão do acidente do voo AF 447.

Porém, a reportagem do "Le Monde" não esclarece se a velocidade da aeronave no momento da queda seria superior ou inferior à ideal.

Ainda de acordo com o texto, a Airbus distribuiria ao longo do dia uma “nota técnica” na qual recomendaria às companhias que têm aviões A330 o respeito às instruções do manual da aeronave.

"O construtor quer lembrar que, em caso de condições meteorológicas difíceis, suas tripulações devem conservar a potência das turbinas e manter a estabilidade correta para manter o avião em linha", de acordo com o BEA.

Leia mais sobre o acidente com o voo AF 447 no Último Segundo.

Palavras-chave: falhas , equipamento , voo , agência européia , tempestade , air france , instrumentos , acidente , airbus , ADIRU , radares , queda , tragédia ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos