Alagoas sofre com falta de comida e remédios

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 24/06/2010 - 22h10

Em Alagoas, faltam alimentos básicos. Os preços dispararam. O galão de água mineral subiu de R$ 5 para R$ 25.

Máquinas retiram lixo das ruas nas cidades destruídas pelas enchentes.

Postos de saúde iniciam a vacinação contra a gripe H1N1, tétano e hepatite.

Em Alagoas, o prejuízo causado pela chuva é grande: quase 20 mil imóveis foram danificados ou destruídos pelas enchentes no estado.

Integrantes da força nacional de segurança chegaram para ajudar a população e combater a onda de saques.

O número de desaparecidos diminuiu para 130, mas ainda há algumas comunidades isoladas.

Faltam analgésicos e materiais para curativos para atender as mais de 180 mil pessoas prejudicadas pelas chuvas.

Veja imagens aéreas da destruição em Alagoas

ACOMPANHE AS NOVIDADES DA TViG PELO TWITTER: http://twitter.com/tvig

Palavras-chave: governo federal , verbas , calamidade , desaparecidos , chuvas , alagoas , desabrigados , vítimas , pernambuco , enchentes ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos