Após morte de bebê, mãe luta para criar UTI neonatal

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 22/12/2012 - 11h57

Com apenas três meses de vida, Benício Gonçalves, morreu em decorrência de uma infecção generalizada no Hospital Infantil de Queimados, na Baixada Fluminense.


De acordo com a mãe do menino, Grazielli Gonçalves, de 19 anos, o hospital não tinha ambulância e nem equipamentos necessários para bebês de alto risco.


Após a morte do filho, Grazielli criou um abaixo assinado em uma página do Facebook para conseguir uma UTI Neonatal e pediátrica para a cidade em que mora.


Crédito: SBT Brasil


Leia mais notícias do Brasil e do mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: hospital , baixada fluminense , rede social , neonatl , uti , abaixo assinado , família , queimados , facebook , rio de janeiro , uti , morte , sbt , pediátrica , bebê , mãe , pediatra , recém-nascido , filho ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos