Assassinato durante a ditadura militar

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 28/03/2009 - 19h08

A Justiça do Uruguai condena oito ex-militares e policiais reformados, pelo assassinato de 28 pessoas durante a ditadura militar. Os condenados vão cumprir penas que variam de 20 a 25 anos de prisão.

Os crimes foram cometidos em 1976, durante a Operação Condor. Organizada pelas ditaduras da América do Sul, a ação militar reprimia os opositores ao regime político. As vítimas foram assassinadas na Argentina, onde haviam buscado refúgio ou transferidas à força para Montevidéu, onde acabaram executadas.

A defesa dos réus informou que vai recorrer da decisão no Tribunal de Apelações Penal.

Palavras-chave: tribunal de apelações penal , Justiça , uruguai, uruguaia , operação condor , militar , assassinato , ditadura ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos