Bebê morre após parto e família acusa médico

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 25/04/2011 - 15h34

Um bebê morreu logo após o parto, em um maternidade da Região Metropolitana do Rio de Janeiro. A família acusa o médico de negligência.


Rejane, a mãe da criança, ficou internada durante 15 dias com pressão alta, no Hospital da Mulher Gonçalense, em São Gonçalo, na Grande Rio.

Ela tele alta no dia 18 de abril, mas três dias após foi novamente internada, sentindo as dores de parto.


A ultrassonografia revelou que o bebê, um menino, estava sentado. Mesmo assim, o médico decidiu fazer o parto normal. A criança ainda nasceu viva, mas morreu pouco tempo depois com o cordão umbelical enrrolado no pescoço.


Aos 36 anos, Rejane perdeu o quarto filho. Nem o médico, Mario Abade, nem o hospital, quiseram se pronunciar sobre o caso. A polícia investiga se houve erro médico.


Leia mais notícias sobre o Brasil e o mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: nati-morto , rio de janeiro , imperícia médica , rj , região metropolitana , bebê , parto , rio , médico , grande rio , hospital da mulher , acusação , criança , são gonçalo ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos