Bruno não pode receber visitas por 30 dias

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 11/07/2010 - 11h27

Acusado de ser o mandante do sequestro e do assassinato da ex-amante Eliza Samúdio, o goleiro Bruno não poderá receber visitas por 30 dias.

A defesa do jogador e de outros cinco acusados disse que vai conduzir uma investigação paralela.

Leia mais sobre o caso Bruno no Último Segundo.

ACOMPANHE AS NOVIDADES DA TViG PELO TWITTER: http://twitter.com/tvig

Palavras-chave: caso Bruno , ex-namorada , flamengo , bruno , goleiro , atleta , Justiça ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos