Bruno tem novo advogado e adia julgamento

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 21/11/2012 - 09h41

Antes da abertura oficial dos trabalhos do terceiro dia de julgamento do Caso Bruno, os defensores do ex-goleiro pediram a palavra e anunciaram o que seria a nova estratégia.


O novo advogado Lúcio Adolfo da Silva, incorporado à equipe de defesa, na noite de ontem (20), disse não ter conhecimento suficiente para representar Bruno Fernandes.


Acolhendo o pedido, a juíza deu um prazo para o defensor se inteirar do processo. O goleiro então será julgado ao lado de Dayanne e Bola no dia 21 de janeiro de 2013. Apenas Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, e Fernanda Gomes continuam no banco dos réus.


Leia mais no Último Segundo:


Júri de Bruno é desmembrado e ex-goleiro será julgado em 2013

Palavras-chave: ex-goleiro , defesa , Bola , crime , Dayanne , adiamento , Lúcio Adolfo da Silva , assassinato , estratégia , juíza , Eliza Samudio , julgamento , advogado , execução , adiamento , morte , pedido , Bruno ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos