Caso Isabela: Justiça mantém júri mas reduz pena de Alexandre Nardoni

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 03/05/2011 - 20h01

Desembargadores do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) decidiram nesta terça-feira (03/05), por unanimidade, negar a anulação do julgamento do casal Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá. Os dois foram condenados no ano passado por matar a menina Isabella em 2008.


A pena de Alexandre Nardoni, no entanto, foi reduzida em 11 meses e dez dias devido à falha de cálculo em relação aos agravantes.


Agora o tempo é de 30 anos, dois meses e 20 dias. Já a pena de Anna Carolina Jatobá, madrasta da garota, foi mantida em 26 anos e oito meses de reclusão pela esganadura da criança antes da queda.


O pai de Isabella é acusado de ter jogado a própria filha do sexto andar do prédio onde morava, na zona Norte de São Paulo.


Caixa eletrônico - Dez clientes e um funcionário foram feitos reféns durante um roubo a caixa eletrônico em um posto de combustivel, no Jardim Rosolém, em Hortolândia, na Região Metropolitana de Campinas, interior de São Paulo.


Os bandidos chegaram em um carro preto, fortemente armados e explodiram os caixas. As cédulas foram manchadas de rosa e mesmo assim os bandidos levaram tudo.


Ninguém foi preso. A ação foi registrada pelo circuito interno de segurança do posto.


Os bancos estão manchando as notas para coibir a ação dos bandidos. A polícia indica que as pessoas não aceitem notas manchadas e comunique imediatamente as autoridades.


Estupro em banheiros químicos - Um homem acusado de ter estuprado 10 mulheres em banheiros públicos de Salvador foi preso na segunda-feira (02/05). Gilson Teles de Almeida, de 28 anos, foi detido depois que uma das vítimas o reconheceu na rua e denunciou à polícia.


Gilson vinha sendo procurado desde o ano passado, quando ficou conhecido como “maníaco do banheiro químico”. Gilson agia durante o dia no bairro do Comércio, em Salvador e, embora duas mulheres tenham prestado queixa, a polícia acredita que ele tenha feito mais vítimas.


A polícia aguarda agora o resultado dos exames de lesão corporal e também DNA. A delegada responsável pelo caso também espera que, com a prisão, outras mulheres compareçam na delegacia para reconhecer o acusado.


Mercadorias contrabandeadas - A Polícia Federal apreendeu produtos ilegais que estavam sendo comercializados em um camelódromo de Goiânia. Ninguém foi preso.


Marrone - O cantor Marrone, da dupla sertaneja Bruno e Marrone, teve alta da UTI do Hospital de Base de São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, nesta terça-feira (03/05).


O artista de 45 anos teve ferimentos leves após a queda de seu helicóptero na tarde de ontem (02). A previsão é que ele tenha alta hospitalar na quarta-feira.


O secretário do cantor Jardel Alves Bezerra, de 33 anos, continua internado em estado grave. O piloto Almir Carlos Bezerra não corre risco de morte, mas teve um dos pés amputados.

Palavras-chave: goiânia , hortolândia , contrabando , cantor , juri popular , tribunal de justiça , juri , marrone , band , isabela , polícia federal , acidente , mercadorias , pena , nardoni , roubo , helicóptero , apreensão , prisão , posto de gasolina , queda , TJ-SP , salvador , casal nardoni , maníaco , penas , sertanejo , justiça , prisão , são paulo , caixa eletrônico , posto de combustíveis , posto , banheiros químicos , internação , UTI ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos