Companhias são proibidas de cobrar mais de 10% para remarcar viagens

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 15/08/2012 - 06h33

Uma determinação da Justiça Federal vai multar as companhias aéreas que cobrarem mais que 10% do valor da passagem para mudar ou desistir do voo. A medida está prevista no Código Civil há dez anos. Em 2007, o Ministério Público Federal do Pará constatou que as companhias cobravam até 80% a mais.


A Justiça deu um prazo de 15 dias para que a TAM e a Gol cumpram a exigência. Caso contrário, terão que pagar uma multa de R$ 100 mil. As companhias aéreas disseram que só vão se manifestar na Justiça.


Crédito: SBT Brasil


Leia mais notícias do Brasil e do mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: companhias aéreas , justiça , remarcação , aeronave , determinação , cobrança , SBT , SBT Brasil , proibição , multa , taxas , avião , viagens ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos