Corpo de noivo morto por taça de champanhe é transferido para Manaus

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 21/11/2012 - 10h39

Morto por uma taça de champanhe, o corpo do sargento da Marinha Fábio dos Santos Maciel, de 33 anos, será enviado do Rio de Janeiro para Manaus.


Uma festa de casamento teve um fim trágico, no Rio de Janeiro. O noivo morreu ao se ferir com uma taça.


Cinco meses antes, pela internet, Fábio Jefferson Maciel já tinha convidado os amigos para a festa de casamento. Depois de sete anos de namoro, o sargento da Marinha, de 33 anos, se casou no último domingo (18) com Geise Guimarães. Os buques de flores ainda decoram a casa de festas onde a comemoração teve um fim trágico.


Eram cerca de 2h. Fábio foi um dos últimos a deixar a casa de festas. Na saída, na calçada, segundo testemunhas, ele tropeçou e caiu. Poderia ter sido só um tombo, mas foi fatal. O noivo se feriu com uma taça de champagne que carregava no bolso.


Ao cair, a taça que estava no bolso esquerdo quebrou. Os cacos de vidro cortaram a veia femoral, na altura da virilha, que fica a cerca de dois centímetros da pele. É a principal veia da perna, por onde passa todo o sangue em direção ao coração.


Crédito: SBT Brasil


Leia mais notícias do Brasil e do mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: virilha , corpo , sbt , casamento , internação , rio de janeiro , estilhaços , noivo , circulação , caco , cacos , festa , militar , tropeçar , champanhe , queda , morte , hospital , transferência , manaus , sangue , fatalidade ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos