Dalai Lama renuncia a seu papel político

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 10/03/2011 - 15h27

A polícia do Nepal dispersou nesta quinta-feira (10/03) uma manifestação de centenas de exilados tibetanos, organizada na capital Katmandu para lembrar o 52º aniversário da insurreição anti-China no Tibete, reprimida duramente por Pequim.

Mais cedo, o Dalai Lama, líder espiritual dos tibetanos, anunciou que pretende renunciar a seu papel político para deixar o posto a um novo dirigente "livremente eleito", mas o governo da China afirmou que a medida é um "ardil".

O líder dos tibetanos, prêmio Nobel da Paz, de 75 anos, tinha apenas 15 quando foi nomeado "chefe de Estado" em 1950, após a chegada das tropas chinesas ao Tibete.

Leia mais sobre o Dalai Lama em:



Dalai Lama anuncia que abandonará suas funções políticas





Leia notícias do Brasil e do mundo no Último Segundo.

ACOMPANHE AS NOVIDADES DA TViG PELO TWITTER: http://twitter.com/tvig



Palavras-chave: Tibetanos , tibete , dalai lama , china , chefe político ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos