Deputada cadeirante fica presa em avião

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 03/03/2011 - 20h04

A deputada cadeirante Mara Gabrilli ficou mais de uma hora presa em um avião na quarta-feira (02/03) no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, até conseguir desembarcar. Mara se recusou a ser carregada e teve de esperar, já que o elevador para passageiros em cadeira de rodas não estava disponível no local.

Mara é tetraplégica e se elegeu deputada federal por São Paulo, principalmente pela defesa dos direitos dos portadores de deficiência física. O incidente ocorreu no voo 3563 da TAM em que ela retornava de Brasília, após uma semana de trabalho no Congresso.

A deputada teve de aguardar durante mais de uma hora a chegada do ambulifit – um elevador especial usado em todo o mundo para embarcar e desembarcar passageiros com deficiência. O elevador da companhia aérea usada por Gabrilli encontrava-se em manutenção e o ambulift da Infraero estava quebrado.

A Infraero informou que não foi avisada antecipadamente pela companhia e que, em casos como este, costuma-se utilizar os fingers, corredores de acesso do aeroporto que conduzem até a porta da aeronave. Para a deputada, exigir o elevador não foi um capricho, mas uma questão de segurança.

Leia notícias do Brasil e do mundo no Último Segundo.

ACOMPANHE AS NOVIDADES DA TViG PELO TWITTER: http://twitter.com/tvig






Palavras-chave: elevador , Mara Gabrilli , avião , cadeirante , deputada ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos