Em meio à crise de crédito

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 25/11/2008 - 19h18

A taxa média de juros do cheque especial em outubro chegou a 170,8% ao ano, o maior percentual já registrado desde julho de 2003. A informação foi divulgada nesta terça-feira pelo Banco Central.

Em meio à crise internacional de crédito, os bancos elevaram em 0,6 ponto percentual a taxa média de juros incidente no cheque especial. O resultado equivale a uma alta de 32,7 pontos, no acumulado dos 10 primeiros meses de 2008. Os juros médios para a pessoa física tiveram alta de 1,7 ponto percentual, para 54,8%. Essa é a maior taxa desde junho de 2006. No caso do crédito pessoal, o juro cresceu mais de 1 ponto, para 57,4% em outubro. Dentre essas operações, destaque para a alta na taxa cobrada para a compra de veículos e de bens duráveis.

Palavras-chave: cheque especial , juros , juro , economia , cheque , crise ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos