Escolas reclamam da falta de segurança no DF

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 08/04/2011 - 11h41

A tragédia na Escola Municipal Tasso da Silveira, no Realengo, zona oeste do Rio, na quinta-feira (07/04), refletiu nos colégios públicos de Brasília.


Professores e alunos reclamam da falta de segurança e da facilidade com que estranhos entram nas escolas.


Ao menos 12 pessoas morreram e outras 13 ficaram feridas após a invasão da escola carioca pelo atirador Wellington Menezes de Oliveira, de 23 anos.


Leia mais em Último Segundo:


Multidão acompanha enterros de vítimas de ataque


Luciana Araújo: "perdi todos os meus amigos ontem"


Sobreviventes de caso semelhante ao do Rio revivem trauma

Palavras-chave: estudantes , ataque , rio de janeiro , colégio tasso da silveira , escola , tiroteio em escola , mortos , distrito federal , atirador , tiroteiro , feridos , insegurança , rio , brasília , dsf , colégio , segurança , band , alunos , realengo , pânico , mortes , wellington menezes de oliveira , comoção ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos