Falta de domésticas inflaciona mercado

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 15/02/2011 - 19h42

O crescimento econômico do Brasil provocou mudanças no mercado de trabalho. Muitos profissionais estão em falta e passaram a ser cobiçados.

É o caso das empregadas domésticas. Elas descobriram as vantagens de ganhar como diaristas, mesmo sem carteira assinada.

Na falta delas, as mães estão colocando até os filhos para ajudar na limpeza, delegando tarefas típicas das empregadas domésticas. Solteiros também tiveram de se acostumar a tirar o pó, lavar louças e passar roupas, entre outras atividades do lar.

Ofertas de vagas para domésticas não faltam. Numa agência na capital paulista, tem até sorteio de brinde para quem indicar uma amiga. Mesmo assim, todos os dias, pelo menos, 50% das vagas não são preenchidas.

Segundo Eva Galvão, analista de recrutamento e seleção de uma agência de empregos de São Paulo, as pessoas estão tendo mais oportunidades de estudar e, por isso, procuram outras opções de trabalho.

"As candidatas sumiram e os salários continuam os mesmos. Há pessoas que querem pagar um salário mínimo para a doméstica administrar todas as tarefas, e elas não aceitam mais isso", explica Eva.

Leia notícias do Brasil e do mundo no Último Segundo.



ACOMPANHE AS NOVIDADES DA TViG PELO TWITTER: http://twitter.com/tvig

Palavras-chave: diaristas , empregadas domésticas , diarista , doméstica ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos