Filho de Kadafi ameaça manifestantes

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 21/02/2011 - 13h22

Em discurso transimido pela televisão, Saif el-Islam Kadafi, filho do líder líbio Muamar Kadafi, advertiu que o país pode entrar em guerra civil caso os protestos contra o governo de seu pai não cessem.

O filho do presidente líbio também lembrou que o governo não vai cair sem luta, mesmo que ocorra um banho de sangue.

“Estamos agora pedindo por uma solução, a última solução, antes que seja tarde demais. Vamos pegar em armas, vamos equipar cinco milhões de líbios", garantiu.

Segundo ele, a Líbia não é a Tunísia, nem o Egito. "Meus irmãos, tribos e clãs, nós vamos lutar. Com todos armados, não vamos lamentar a morte de 84 pessoas, mas sim de milhares. Rios de sangue vão correr pela Líbia”, ameaçou o filho de Kadafi.

De acordo com Saif el-Islam Kadafi, os confrontos são provocados por pessoas que têm como objetivo destruir a unidade do país e instaurar uma república islâmica.

Leia mais no Último Segundo:

Tensão e rumores crescem enquanto Kadafi tenta se manter no poder




ACOMPANHE AS NOVIDADES DA TViG PELO TWITTER: http://twitter.com/tvig





Palavras-chave: Tunísia , Líbia , egito , protestos , Saif el-Islam Kadafi , manifestações , Muamar Kadafi ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos