Fim do resgate histórico dos mineiros

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 14/10/2010 - 08h38

O topógrafo chileno Luis Urzúa foi nesta quarta-feira (13/10) o último minerador resgatado do mais longo período de cativeiro que um ser humano tenha suportado sob terra, após passar 70 dias soterrado junto a outros 32 operários na jazida San José, em pleno Deserto do Atacama.

Urzúa é um dos mais experientes do grupo, já que trabalha há 31 anos como minerador. Ele tem dois filhos e era o chefe do turno no momento do acidente.
O minerador foi içado na cápsula "Fênix 2". A chegada do último dos mineradores causou alegria geral no acampamento Esperanza e em todo Chile. Na superfície, Urzúa se dirigiu ao presidente Piñera: "Lhe entrego o turno e espero que isso nunca mais volte a nos ocorrer. Graças a todos, graças a todo o Chile e a todas as pessoas que cooperaram.

"Me sinto orgulhoso de ser chileno". "Recebo seu turno e o parabenizo por cumprir com seu dever, saindo por último", lhe respondeu Piñera ao homem que hoje entrou para o "Guinness", o "Livro dos Recordes", após passar mais tempo soterrado em uma mina.

Leia mais no especial sobre os Mineiros no Chile.

ACOMPANHE AS NOVIDADES DA TViG PELO TWITTER: http://twitter.com/tvig

Palavras-chave: mineiros , resgate , família , chile , presidente ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos