Fotógrafo morre após ficar sem atendimento em hospital no RJ

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 04/06/2014 - 11h49

O fotógrafo Luis Cláudio Marigo, de 63 anos, passou mal em um ônibus e foi levado para o Instituto Nacional de Cardiologia, na zona sul do Rio de Janeiro.

Porém, não foi atendido, já que os funcionários alegaram estar em greve. A polícia investiga se houve omissão de socorro.

Palavras-chave: fotógrafo , atendimento , médico , greve , atendimento , hospital , rio de janeiro , ônibus , infarto , cardiologia , sbt ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos