Hospital de Base admite erro médico na morte de doadora de medula

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 16/07/2011 - 11h03

A direção do Hospital de Base de São José do Rio Preto, interior de São Paulo, admitiu nesta quinta-feira (14), que houve erro médico durante o procedimento que daria início à doação de medula de Luana Neves Ribeiro. As médicas responsáveis e a chefe do Serviço de Verificação de Óbito da instituição já prestaram depoimentos à polícia.


O Caso:


Luana Neves Ribeiro, de 21 anos, morreu na semana passada pouco antes de fazer uma doação de medula que salvaria a vida de um paciente do Rio de Janeiro. O procedimento usado para recolher o material a ser transplantado continua sendo utilizado pelo Hospital de Base, mas deve passar por uma reavaliação da própria instituição. O Conselho Regional de Medicina também investiga as causas da morte da jovem.


Acompanhe as notícias do Brasil e do mundo pelo Último Segundo.

Palavras-chave: medula óssea , erro médico , doadora , hospital de base , são josé do rio preto , são paulo , interior , medicina , morte , luana neves ribeiro ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos