Iêmen e Bahrein vivem outro dia de protestos

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 02/03/2011 - 13h54

Manifestantes voltaram a sair às ruas para pedir a renúncia do presidente do Iêmen, Ali Abdallah Saleh, nesta quarta-feira (02/03).

Centenas de pessoas saíram em protesto pacífico em Áden. Essa é a cidade portuária em que morreu a maior parte das 24 vítimas fatais dos conflitos entre forças de segurança e manifestantes.

No poder há 32 anos, Saleh não consegue acabar com a frustração dos cidadãos do país localizado na Península Arábica, onde 40% da população de 23 milhões vive com menos de US$ 2 (R$ 3,30) por dia.

Já na praça Pérola, no Bahrein, os manifestantes querem a desobediência civil completa para aumentar a pressão sobre o governo e forçá-lo a cumprir as exigências da população, que pede a queda do regime.

Sete pessoas já morreram e centenas ficaram feridas nos protestos nesse país governado pelos sunitas, apesar de ser de maioria xiita.

Leia mais notícias sobre os protestos no Oriente Médio e países norte-africanos em:



Revolta no mundo árabe



ACOMPANHE AS NOVIDADES DA TViG PELO TWITTER: http://twitter.com/tvig



Palavras-chave: manifestações , Iêmen , protestos , Abdullah Saleh , Bahrein ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos