Jornalistas arriscam a vida no México

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 29/10/2010 - 13h07

Ser jornalista em Ciudad Juárez é um dos trabalhos mais arriscados do mundo.

Um fotógrafo de um jornal local tornou-se em setembro o 11º repórter assassinado este ano no México pelos cartéis das drogas.

Diante do crescente poder dessas organizações criminosas, o presidente Felipe Calderón se comprometeu a proteger os profissionais da imprensa.

Leia notícias do Brasil e do mundo no Último Segundo.

ACOMPANHE AS NOVIDADES DA TViG PELO TWITTER: http://twitter.com/tvig

Palavras-chave: México , drogas , assassinatos , jornalistas ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos