Jovem sofre AVC e morre em academia de São Paulo

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 10/01/2014 - 11h56

Um jovem de 22 anos, se preparava para uma aula experimental de artes marciais, quando teve um acidente vascular
cerebral (AVC). Dois dias depois, ele morreu no hospital. Segundo a família, a demora de quase uma hora do SAMU para atender o jovem contribuiu para a morte.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência de São Paulo (SAMU) se defende e diz que de acordo com as informações passadas, a ocorrência foi classificada como prioridade 2, quando o risco de morte não é iminente. 

Leia mais notícias sobre o Brasil e mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: sbt , avc , acidente vascular cerebral , SAMU , atendimento , demora , morte , família , artes marciais , igsp , são paulo ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos