Juíza assassinada levou 21 tiros

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 12/08/2011 - 18h14

O titular da Divisão de Homicídios da Polícia Civil do Rio de Janeiro, delegado Felipe Ettore, afirmou na tarde desta sexta-feira (12/08) que a juíza Patrícia Acioli, assassinada na noite desta quinta-feira (11/08), levou 21 tiros.


Segundo ele, a maioria dos disparos atingiu a cabeça e o pescoço da magistrada. Os assassinos, de acordo com o delegado, usaram pistolas calibres 40 e 45.


Ettore disse ainda que já foram ouvidas dez pessoas sobre o caso, entre vizinhos e o companheiro da juíza, o PM Marcelo Poubel de Araújo. O conteúdo dos depoimentos não foi divulgado. O delegado não deu mais detalhes sobre a investigação.


Leia mais em Último Segundo:


Horas antes de ser morta, juíza decretou a prisão de oito PMs

Palavras-chave: Niterói , encomendado , crime , condomínio , investigação , assassinato , Band News , perícia , morte , tiros , polícia , Rio de Janeiro , crime , São Gonçalo , Patrícia Acioli , milícias , juíza ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos