Juíza é morta a tiros em Niterói (RJ)

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 12/08/2011 - 11h43

A juíza Patrícia Acioli, da 4ª Vara Criminal de São Gonçalo (RJ), foi morta com vários tiros no final da noite de quinta-feira (11/08) em Piratininga, no município de Niterói, Região Metropolitana do Rio de Janeiro.


O crime aconteceu quando ela se aproximava da entrada do condomínio em que morava, no bairro Timbau.


No momento em que foi assassinada, a juíza, de 47 anos, estava sem seguranças. A polícia trabalha com a hipótese de emboscada e acredita que o crime tenha sido encomendado.


Patrícia dirigia seu Fiat Idea quando foi surpreendida por homens utilizando toucas ninja que estavam em duas motos e dois carros.


No total, foram feitos pelo menos 15 disparos de pistolas calibres 40 e 45 contra a vítima, que morreu no local.


A polícia espera contar com eventuais imagens gravadas pelas câmeras de segurança existentes na portaria do condomínio para ajudar nas investigações.


Leia mais em Último Segundo:


Carro de juíza assassinada passa por perícia no Rio

Palavras-chave: tiros , assassinato , condomínio , investigação , Patrícia Acioli , Band News , Rio de Janeiro , São Gonçalo , polícia , crime , perícia , juíza , Niterói , crime , morte , encomendado , milícias ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos