Justiça decreta prisão de Nenê Constantino

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 02/03/2011 - 06h09

O juiz João Marcos Guimarães Silva, do Tribunal do Júri de Taguatinga, em Brasília, acatou pedido do Ministério Público e decretou a prisão preventiva, domiciliar, do fundador da Gol Linhas Aéreas, Nenê Constantino.

Ele é acusado de atrapalhar as investigações e tumultuar o processo que responde pelo assassinato de um líder comunitário.

O fato que deflagrou sua prisão foi o atentado contra João Marques dos Santos.

Além de Nenê, o juiz decretou a prisão de Vanderlei Batista, funcionário do empresário e considerado pelo promotor de Justiça Bernardo Urbano o braço-direito de Constantino nos crimes de mando e na tentativa de assassinato do ex-genro do fundador da Gol.

Leia mais no Último Segundo:

Justiça decreta prisão domiciliar para Nenê Constantino

ACOMPANHE AS NOVIDADES DA TViG PELO TWITTER: http://twitter.com/tvig

Palavras-chave: nenê constantino , assassinato , prisão , fundador , empresário , genro , gol ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos