Kadafi diz que rebeldes servem a Bin Laden

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 24/02/2011 - 12h21

A televisão estatal líbia transmitiu na quinta-feira (24/02) uma mensagem de áudio do líder líbio Muamar Kadafi em que ele acusa as forças rebeldes de estarem a serviço de Osama Bin Laden.

Na mensagem divulgada em Zawiyah, localidade a oeste de Trípoli e palco de violentos confrontos, Kadafi também acusa os rebelados de serem viciados em drogas.

O ditador assegurou que a situação em seu país é diferente da do Egito e da Tunísia, onde as rebeliões populares acabaram com regimes autoritários e que estavam há muito tempo no poder.

Segundo Kadafi, o poder na Líbia está nas mãos do povo, independentemente da autoridade no poder. E enfatizou que seu poder no país é "simplesmente moral".

Na terça-feira (22/02), em seu primeiro discurso à nação depois do início da insurreição, o coronel líbio - no comando do país desde 1969 - prometeu ficar no poder até sua última gota de sangue e reprimir com rigor os protestos.

Segundo os observadores, Kadafi perdeu o controle do leste do país para a insurreição popular, além de enfrentar uma forte pressão ocidental para evitar um banho de sangue, que pode provocar um grande êxodo e uma desestabilização ainda maior dessa rica nação petroleira.



Leia mais notícias sobre os protestos no Oriente Médio e países norte-africanos em:

Revolta no mundo árabe

ACOMPANHE AS NOVIDADES DA TViG PELO TWITTER: http://twitter.com/tvig



Palavras-chave: manifestações , Muamar Kadafi , Líbia , protestos , repressão ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos