Liberdade é negada para procuradora

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 11/05/2010 - 10h04

A desembargadora Giselda Leitão, da 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, negou a liminar que pedia a liberdade provisória da procuradora Vera Lúcia de Sant´Anna Gomes.

Com isso, a prisão preventiva da aposentada acusada de torturar a menina de 2 anos, que ela tentava adotar, está mantida. Mas Vera Lúcia ainda está foragida.

Leia notícias do Brasil e do mundo no Último Segundo.

ACOMPANHE AS NOVIDADES DA TViG PELO TWITTER: http://twitter.com/tvig

Palavras-chave: prevenção , procuradora , liberdade , prisão , tortura ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos