Mãe e padastro de menino desaparecido são presos em Ribeirão Preto (SP)

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 11/11/2013 - 10h43

Mãe e padrasto do menino Joaquim Ponte Marques, de 3 anos, tiveram prisão temporária decretada na noite deste domingo (10/11) em Ribeirão Preto (SP).

Os dois são os principais suspeitos pela morte do garoto, que teve o corpo encontrado na manhã de sábado (09/11) no rio Pardo, zona rural de Barretos (SP). Eles devem permanecer presos por pelo menos 30 dias.

Antes de serem detidos, Natália Ponte e Guilherme Longo estiveram no Instituto Médico Legal (IML) de Barretos para fazer o reconhecimento. O delegado João Osinski Júnior, diretor do departamento de Polícia Judiciária do Interior (Deinter 3), disse que os pais reconheceram o pijama do menino e suas características físicas.

Após a confirmação, policiais mantiveram um cerco preventivo em frente à casa da família de Joaquim, no bairro Jardim Independência, zona norte de Ribeirão Preto, para evitar reações de populares contra a mãe e o padrasto do garoto. Por motivos de segurança, o presídio em que estão localizados não foi divulgado.


Crédito: Jornal do SBT Manhã

Leia mais notícias do Brasil e do mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: sbt , ribeirão preto , padrasto , mãe , desaparecidos , desaparecimento , são paulo , casal , prisão , polícia , rio , caso joaquim , menino , joaquim , depoimento , corpo ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos