Mãe é suspeita de matar filhas estranguladas em SP

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 16/09/2013 - 17h02

Uma corretora de imóveis é suspeita de ter matado suas duas filhas de 13 e 14 anos na casa onde viviam no Butantã, zona oeste de São Paulo, na tarde de sábado (14/09). Mary Vieira Knorr, 53 anos, foi detida em flagrante e enviada para o Hospital Universitário, onde está internada em observação e sob efeito de sedativos.

Os corpos das meninas foram encontrados com sinais de esganadura em um beliche no andar superior da casa, dentro de um quarto revirado e com fezes de animais. No box do banheiro do quarto, havia ainda um cachorro morto asfixiado com um saco plástico.

Segundo a Polícia Civil, policiais militares informaram que foram chamados ao local para atender ocorrência de um vazamento de gás na casa. Eles encontraram a corretora deitada no chão da sala "muito alterada" dizendo que teria matado as filhas e queria morrer. Ela foi então encaminhada ao Hospital Universitário.

Crédito: Jornal do SBT Manhã

Leia mais em Último Segundo:

Mãe suspeita de matar as duas filhas segue internada em São Paulo

Palavras-chave: assassinato , adolescentes , filhas , filha , família , mãe , estrangulamento , estrangulada , são paulo , igsp , butantã , zona oeste , morte , vítima , suspeita , corpos , adolescente , sbt ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos