Marcha das Vadias em São Paulo

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 27/05/2012 - 13h22

Mais de 700 mulheres foram às ruas de São Paulo neste sábado (26) para protestar contra a violência sexual e contra o preconceito de culpar a vítima pelo abuso sexual.


A concentração aconteceu na Praça do Ciclista, no canteiro central da Avenida Paulista, próximo à Rua da Consolação. A manifestação percorreu toda a Rua Augusta, até a Praça da República. De acordo com a polícia, o movimento foi pacífico.


A passeata foi marcada pela irreverência de grande parte das participantes, que desfilaram usando roupas íntimas e até mesmo nuas da cintura para cima, com o corpo coberto por pinturas e palavras de ordem: “Livre!”, “Liberdade” etc. Outras usavam roupas consideradas provocantes.


A segunda edição da Marcha das Vadias também aconteceu em outras cidades: Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Vitória, São Carlos (SP) e Sorocaba (SP).


A manifestação tem origem no “Slut Walk”, um protesto mundial que começou após um policial, no Canadá, dizer que, para evitar estupros, as mulheres deveriam deixar de se "vestir como vadias".


Créditos: Bruna de Azevedo

Palavras-chave: marcha das vadias , protesto , rua augusta , abuso sexual , são paulo , avenida paulista , machismo , peladas , mulheres , preconceito , slut walk ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos