Médico acusado é identificado no RJ

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 06/07/2009 - 18h55

A Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro apura o caso de uma grávida, que teve atendimento em hospital público negado e perdeu o filho. ,

O médico que escreveu no braço da mulher, para onde ela deveria ire a linha de ônibus que deveria tomar, foi identificado neste domingo e afastado até o fim das investigações.

Palavras-chave: gravida , rio de janeiro , mulher , filho , médico , maternidade , hospital , secretaria de saúde , investigação , morte ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos