Modelo brasileira pode ter sido assassinada

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 11/04/2011 - 19h12

A polícia portuguesa investiga a possibilidade de homicídio na morte de uma modelo brasileira em Lisboa, na última sexta-feira (08/04). A investigação lança suspeitas sobre o namorado, que é português. Ele omitiu a presença de uma segunda mulher no apartamento de onde a jovem caiu. E ainda demorou para avisar sobre a queda.


De acordo com a mãe, a modelo Jennifer Viturino, de 17 anos, e o namorado haviam terminado o relacionamento noite de sexta-feira (08/04) e dormiram em quartos separados. Um bilhete com um pedido de desculpas foi encontrado pela polícia, o que levantou a hipótese de suicídio. A mãe da modelo reconheceu a letra de Jenniffer.


Os familiares contaram que a polícia de Portugal também investiga a possibilidade de homicídio, já que no corpo da jovem teriam sido encontrados hematomas e escoriações.


Ainda segundo a mãe, a modelo foi agredida pelo namorado depois de uma discussão, no ano passado. O laudo da perícia deve sair nos próximos dias.


Em entrevista ao jornal português "Correio da Manhã", porém, o empresário português de 31 anos negou manter relacionamento com a brasileira.


Leia mais sobre o Brasil e o mundo em Último

Segundo.

Palavras-chave: assassinada , investigação , polícia portuguesa , lisboa , band , modelo , homicídio , portugal , jennifer viturino , morte , suspeitas , modelo brasileira , assassinato , suspeita , polícia , acusação , morta , suicídio ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos