Morre homem espancado em Parada Gay

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 18/06/2009 - 08h31

Morre Marcelo Campos Barros, de 35 anos, que sofreu traumatismo craniano, ao ser espancado, em uma briga, durante a Parada Gay de São Paulo, no último domingo.

O rapaz estava internado na Santa Casa, desde o dia da agressão. Ele chegou a passar por uma cirurgia, na segunda-feira, e estava na UTI.

A agressão a Barros foi registrada na polícia e está sendo investigada.

Segundo a secretaria Municipal de Saúde e a Santa Casa de São Paulo, pelo menos 54 pessoas ficaram feridas durante a parada.

Além de feridos por agressões físicas, os órgãos contabilizaram as pessoas que ficaram machucadas com a explosão de uma bomba caseira lançada no centro da cidade.

Palavras-chave: Polícia , festa , bomba , morte , violência , homossexuais , Parada gay , lucro , turistas , gays , comemoração , espancamento , movimentação , hotéis , investigação , são paulo ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos