Mulher denuncia execução de PMs em cemitério

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 04/04/2011 - 18h47

Uma mulher denunciou ao 190 uma execução que acabava de presenciar em um cemitério na Grande São Paulo. Dois policiais militares foram presos depois do telefonema.


A ligação é do dia 12 março deste ano. A testemunha visitava o túmulo do pai, em um cemitério em Ferraz de Vasconcelos, na Grande São Paulo. Ela ligou para o 190 para fazer a denúncia enquanto os policiais ainda estavam no local. O atendente perguntou se ela consegue ver o prefixo ou a placa da viatura.


Um dos policiais envolvidos no crime percebeu a presença da testemunha. A ligação foi uma das provas para a prisão dos dois policiais militares envolvidos na execução. Eles tentaram alegar que a vítima tinha resistido à prisão.


Os soldados Ailton Vital e Felipe Daniel estão no Presídio Militar Romão Gomes. Eles vão responder por homicídio e podem ser expulsos da corporação. A identidade da testemunha é mantida sob sigilo.


Leia mais sobre o Brasil e o mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: expulsão , PMs , presídio miltar , policiais militares , grande são paulo , denúncia , cemitério , soldados , sp , band , felipe daniel , prisão , aílton vital , polícia militar , denunciante , policiais , execução , 190 , ferraz de vasconcelos , testemunha , telefonema , homicídio ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos