Não houve estrangulamento, diz laudo sobre homem morto em motel

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 19/05/2011 - 17h21

Um laudo preliminar aponta: Fábio Gabriel Barbosa, o empresário morto pela amante Verônica Verone, em um motel de Niterói, não foi estrangulado.


A conclusão contraria a versão da assassina, uma jovem de 18 anos. A polícia investiga se a vítima tinha ligações com milícias, que agem na região.


Leia mais em Último Segundo:


Corpo de empresário morto no Rio não tinha sinais de estrangulamento

Palavras-chave: enforcamento , verônica verone , estrangulamento , causa , niterói , investigação , inquérito , amante , rio de janeiro , causa mortis , envolvimento , laudo , polícia , band , verônica , milícias , causa da morte , morte , rio , motel , jovem , fábio gabriel barbosa ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos