Nenê Constantino fará novos exames

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 18/12/2010 - 13h00

A Justiça do Distrito Federal acatou um pedido do Ministério Público, que obriga o empresário Nenê Constantino a ser submetido a um novo exame médico.

O fundador da companhia aérea Gol, de 79 anos, foi preso na quarta-feira (15/12), sob acusação de mandar matar o ex-genro por conta de disputa patrimonial.

Eduardo Alvez foi alvo de quatro tiros, mas escapou vivo em 2008. Constantino nega a autoria do crime. Por recomendação médica, ele está detido em um hospital de Brasília.

O cardiologista Edmur Araújo, que o examinou, disse haver a suspeita de uma obstrução coronária.

O Ministério Público pediu para que o novo exame seja realizado por uma junta do Instituto Médico Legal. A defesa do empresário já protocolou um pedido de revogação da prisão.

Leia mais no Último Segundo:

Nenê Constantino deve sair da UTI, mas fica em hospital

ACOMPANHE AS NOVIDADES DA TViG PELO TWITTER: http://twitter.com/tvig

Palavras-chave: gol , empresário , genro , prisão , fundador , assassinato , nenê constantino ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos