Oposição quer impeachment do governador Sérgio Cabral

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 11/07/2013 - 10h15

O Ministério Público do Rio vai investigar se o governador do Rio, Sérgio Cabral, fez uso abusivo de helicópteros oficiais. O governador usou aeronaves para ir ao trabalho — em curta distância, de Laranjeiras ao heliponto da Lagoa —, e transportar pessoas que não estavam a serviço público. 

Os deputados Luiz Paulo (PSDB), Marcelo Freixo (Psol) e Paulo Ramos (PDT) entregaram representação no Ministério Público Federal contra o governador por crime de peculato. Hoje, eles entrarão no MPRJ por improbidade administrativa.O grupo também já recolhe assinaturas para abrir uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Alerj. Para Luiz Paulo, se as denúncias forem comprovadas, o governador fere os princípios de “razoabilidade, moralidade e eficiência” da Constituição. 

Em Brasília, Cabral disse que não fez “estripulia” no uso de helicópteros: “Não sou o primeiro a fazer isso no Brasil, outros (governadores) fazem também, e faço de acordo com o cargo que ocupo. Não estou fazendo nenhuma estripulia, não é nenhuma novidade.”

Créditos de imagens: SBT Brasil

Leia mais notícias do Brasil e do mundo em Último Segundo

Palavras-chave: sbt brasil , cabral , sérgio cabral , corrupção , governo , rio de janeiro , helicóptero , voo , brasil , irresponsabilidade , abuso , ministério público , ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos