Papa condena casamento gay e aborto

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 07/11/2010 - 14h36

O papa Bento 16 condenou com firmeza a eutanásia e o aborto e ressaltou aos estados a importância de a natalidade ser "dignificada, valorizada e apoiada jurídica, social e legislativamente".

Pediu apoio dos países para os casamentos heterossexuais, assim como medidas econômicas e sociais para que a mulher encontre espaço no mercado para sua plena realização.

O pontífice fez essas afirmações na missa da consagração do templo da Sagrada Família, de Barcelona (nordeste da Espanha), à qual assistem os reis da Espanha, Juan Carlos e Sofia.

Durante discurso, ele destacou que o templo é dedicado a Sagrada Família e explicou que, ainda que as condições da vida tenham mudado e assim se avançou enormemente em âmbitos técnicos, sociais e culturais, não se pode simplesmente contentar com esses progressos.

O papa ressaltou ainda que só na combinação de amor e fidelidade nasce e perdura a verdadeira liberdade.

Leia mais no Último Segundo:

Em Barcelona, papa Bento 16 condena casamento gay e aborto

ACOMPANHE AS NOVIDADES DA TViG PELO TWITTER: http://twitter.com/tvig

Palavras-chave: gay , papa , casamento , Bento XVI , aborto , visita , espanha , protesto ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos